Porquê

O porquê de uma área dedicada à prevenção da violência contra pessoas LGBT

A população LGBT (lésbica, gay, bissexual e transgénero) é especialmente vulnerável a violência.

Esta violência é por vezes causada por preconceito ou hostilidade contra as pessoas LGBT já que existem indivíduos que, sozinhos ou em grupo, manifestam de forma extremada esse preconceito ou hostilidade contra as pessoas LGBT através de agressões com níveis de violência variável – mas sempre injustificadas.

Mas muitas outras vezes a violência não se baseia em hostilidade ou preconceito contra as pessoas LGBT, como sucede em algumas situações de furtos ou com a violência doméstica, por exemplo.

Em todos os casos, porém, verifica-se que as pessoas LGBT têm menor propensão a apresentar queixa na polícia quando vítimas de violência. As razões são várias e podem ser a falta de confiança na polícia, a antecipação de uma reação negativa, o medo de retaliação por parte dos/as agressores/as, a preocupação com a exposição forçada da sua orientação sexual junto da família, dos amigos ou no emprego (um fator particularmente relevante para muitas pessoas LGBT), ou mesmo a aceitação da agressão como sendo algo “natural”.

Esta área dedicada à prevenção da violência contra pessoas LGBT pretende, assim, constituir um centro de recursos quer para a população LGBT quer para as forças e serviços de segurança.

Vamos acabar com a violência contra as pessoas LGBT!

Comments are closed.